SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE NANOCOMPOSITOS PS/ARGILA MONTMORILONITA

  • Juliana M. F. da Silva Centro Universitário Estadual da Zona Oeste
  • Jorge T. Filho INMETRO
  • Sergio Pinheiro de Oliveira INMETRO
  • Luanda S. de Moraes Centro Universitário Estadual da Zona Oeste

Resumo

Neste trabalho, polímeros homogêneos (PS) e heterogêneos (PS/Argila) foram preparados pela técnica de polimerização em suspensão. As concentrações de argila modificada nos compósitos foram de 1, 3,5 e 4,6 %. A argila modificada foi adicionada ao meio reacional a fim de que o polímero crescesse entre as suas lamelas e, assim, favorecesse a esfoliação do material argiloso na matriz polimérica. As análises de microscopia eletrônica de varredura das amostras mostraram que o método de polimerização em suspensão foi eficaz, uma vez que pérolas com dimensões entre 190 a 580 nm foram obtidas. As análises termogravimétricas mostraram que houve um leve aumento na temperatura de degradação dos nanocompósitos (PS/Argila) em relação ao polímero puro (PS).

Referências

1. Moraes, S. B. de, Botan, R., & Lona, L. M. F. (2014). Síntese e caracterização de nanocompósitos de poliestireno/hidroxissal lamelar. Quim. Nova, 37(1), 18-21. ISSN 0100-4042.

2. Oliveira, S. P., Trota Filho; J., Moraes, L. S., Silva, J. M. F. (2014). Chemical Modification Processo f Polymeric Membrane Applied to PEMFC. 20th Word Hydrogen Energy Conference - WHEC. South Korea.

3. Paiva, L. D., Morales, A. R., & DÍAZ, F. V. (2008). Argilas organofílicas: características, metodologias de preparação, compostos de intercalação e técnicas de caracterização. Cerâmica, 54(330), 213-226. ISSN1678-4553. doi: 10.1590/S0366-69132008000200012.

4. Sasikala, S., Meenakshi, S., Bhat, S. D., & Sahu, A. K. (2014). Functionalized Bentonite clay-sPEEK based composite membranes for direct methanol fuel cells. Electrochimica Acta, 135, 232-241. doi:10.1016/j.electacta.2014.04.180

5. SILVA, Sidicleia Bezerra da Costa. (2008) Estudo da influência das condições de síntese no tamanho de particula de látices de poliestireno e poli(metacrilato) e incorporação de complexos de lantanídeos. Programa de Pós-graduação em Química, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

6. Souza, M. A., Pessan, L. A., & Rodolfo, A. (2006). Nanocompósitos de Poli (Cloreto de Vinila)(PVC)/Argilas Organofílicas. Polímeros: Ciência e Tecnologia, 16(4), 257-262. ISSN 1678-5169

7. Torres, M. A. P., Telles, M. T., & Oliveira, C. M. F. (1998). Avaliação das Propriedades de Misturas de Poliestireno com Oligômeros de Poli (Óxido de Propileno) e Poliestireno. Polímeros[online]. vol.8, n.3, pp. 41-45. ISSN 0104-1428. doi: 10.1590/S0104-14281998000300006
Publicado
2016-02-21
Como Citar
DA SILVA, Juliana M. F. et al. SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE NANOCOMPOSITOS PS/ARGILA MONTMORILONITA. Acta Scientiae et Technicae, [S.l.], v. 3, n. 2, fev. 2016. ISSN 2317-8957. Disponível em: <http://www.uezo.rj.gov.br/ojs/index.php/ast/article/view/104>. Acesso em: 29 set. 2022. doi: https://doi.org/10.5935/2317-8957.20150010.