AS MICROALGAS COMO FONTE DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL: DISCUSSÃO DE SUA VIABILIDADE

  • Lauren Espinosa Escola de Química, Universidade Federal de Rio de Janeiro, EQ/UFRJ
  • Neyda De la Caridad Om Tapanes Centro Universitário Estadual da Zona Oeste, UEZO
  • Donato Alexandre Gomes Escola de Química, Universidade Federal de Rio de Janeiro, EQ/UFRJ,
  • Yordanka Reyes Cruz Escola de Química, Universidade Federal de Rio de Janeiro, EQ/UFRJ,

Resumo

Proporcionalmente ao crescimento do consumo de energia, cresceu a poluição, fazendo-se necessário o desenvolvimento de fontes energéticas “limpas”, que permitam a estabilização desse quadro de poluição. Por esse motivo as pesquisas têm se concentrado no desenvolvimento de novos insumos básicos, de caráter renovável, para a produção de combustíveis que possam substituir os derivados de petróleo, o que coloca a biomassa em papel de destaque. Nesse sentido a incorporação do biodiesel à matriz energética constitui um ganho ambiental significativo devido à redução das emissões. Sendo as microalgas produtores primários que armazenam energia solar para convertêla em energia biológica, o pressente trabalho busca uma análise de seu uso para a produção de biodiesel. Para este fim se propõe discutir a sua viabilidade técnica, econômica e ambiental levando em conta alguns cenários prováveis. Sem dúvidas as alternativas mais promissórias serão aquelas que apliquem o conceito de biorefinaria para otimizar a economia do processo assim como os ganhos ambientais.

Publicado
2014-07-03
Como Citar
ESPINOSA, Lauren et al. AS MICROALGAS COMO FONTE DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL: DISCUSSÃO DE SUA VIABILIDADE. Acta Scientiae et Technicae, [S.l.], v. 2, n. 1, jul. 2014. ISSN 2317-8957. Disponível em: <http://www.uezo.rj.gov.br/ojs/index.php/ast/article/view/58>. Acesso em: 27 jun. 2019. doi: https://doi.org/10.17648/uezo-ast-v2i1.58.
Seção
Artigos