IMPACTO DA PANDEMIA POR COVID-19 NO BRASIL

  • Antonio Marcos Rodrigues Pereira, Me. Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz
  • Camila Fernandes da Costa Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Daniel Ramos da Costa Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Isabela Cristina da Camara Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Isabella Brum de Mattos Magalhães Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Letícia Bonfim Campos Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Paula Coimbra Garcia Teixeira Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Valdemir Custodio de Vargas Junior Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Eidy de Oliveira Santos, Dra. Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO

Resumo

A pandemia causada por Covid-19 tem sido o maior problema de saúde pública mundial deste século. No final de dezembro do ano de 2019 muitos casos de pneumonia foram notificados na China, sendo posteriormente identificado que as infecções eram causadas por um novo Coronavírus, SARS-CoV-2, e a doença foi nomeada COVID-19. Por se tratar de uma doença transmitida por gotículas respiratórias, rapidamente a COVID-19 foi alcançando proporções mundiais alarmantes, resultando na confirmação de uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para conter o avanço da doença medidas de proteção foram adotadas, como a higienização regular das mãos e o uso de máscaras de pano caseiras, assim como, medidas restritivas que incluem o distanciamento/isolamento social, fechamento de escolas e proibição de eventos com aglomerações. Por conta do isolamento social e o tempo prolongado da pandemia muitos casos de deterioração da saúde mental foram sendo reportados na sociedade mundial, tal como em profissionais da saúde que estão mais expostos à doença. Com o avanço acelerado da pandemia muitos casos de animais contaminados com COVID-19 foram sendo registrados em diferentes países e muito se discute sobre a participação dos animais na transmissão da doença. Com um tratamento farmacológico ainda inexistente, as atenções científicas mundiais foram voltadas para a produção de vacinas para conter o avanço da doença. Muitas empresas desenvolveram de forma simultânea diferentes vacinas e alguns países já iniciaram seus programas de vacinação, no entanto, comparado com outros países, o Brasil ainda está muito atrasado com a cobertura de vacinação contra a COVID-19.

Publicado
2021-07-02
Como Citar
PEREIRA, Antonio Marcos Rodrigues et al. IMPACTO DA PANDEMIA POR COVID-19 NO BRASIL. Acta Scientiae et Technicae, [S.l.], v. 9, n. 1, jul. 2021. ISSN 2317-8957. Disponível em: <http://www.uezo.rj.gov.br/ojs/index.php/ast/article/view/318>. Acesso em: 03 jul. 2022. doi: https://doi.org/10.17648/uezo-ast-v9i1.318.
Seção
Artigos