Governo do Estado


PROFESSORA DA UEZO GANHA EDITAL E MINISTRA CURSO INOVADOR EM BIOTECNOLOGIA

Por Reitoria
13/02/2020 14h00



Já está na página do CNPq, a inscrição do curso intitulado: Da Bancada a Startup: Empreendedorismo e Inovação em Biotecnologia. O curso ministrado pela Professora Dsc. Renata Angeli vai ensinar propriedade intelectual e modelos de negócios em biotecnologia com foco em startups durante cinco dias. Com a colaboração de especialistas internacionais e nacionais convidados na área de Bioeconomia, o curso será realizado em parceria com o Sebrae que cedeu o espaço no centro para receber os alunos do Brasil e América Latina. Haverá ajuda de custo e passagens para os alunos selecionados fora do Rio de Janeiro. Esse programa é uma colaboração entre vários países da América Latina.


Clique aqui para inscrição!


Inscrição até 17 de abril de 2020.

Para conhecer os cursos disponíveis acesse:
http://www.mctic.gov.br/mctic/export/sites/institucional/ciencia/SEPED/Biotecnologia/ar quivos/calendario_cursos/Calendario_Completo_CABBIO_2020.pdf


Local: CRAB - Praça Tiradentes, 69-71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20060-070.


O que é o CABBIO?

O Centro foi criado a partir da Ata de Integração Bilateral (Protocolo nº 9 - Biotecnologia) pelos governos das Repúblicas Argentina e Federativa do Brasil em 29/07/86 e 10/12/86, respectivamente, com o objetivo de promover o desenvolvimento científico e tecnológico em atividades comuns aos dois Países.



Suas atividades são induzidas por meio de editais de convocação, lançados de forma simultânea nos dois países, para proposição de cursos ou projetos em temas binacionais prioritários, definidos por representantes da comunidade científica dos dois países.



As atividades do CBAB começaram com os cursos de curta duração da Escola Brasileiro-Argentina de Biotecnologia (EBAB), que tem funcionado de forma ininterrupta desde 1987 com uma programação anual de cursos. Ao todo já foram ministrados 424 cursos, simpósios e workshops, capacitando mais 5.500 alunos brasileiros, argentinos e outros latino-americanos.
Fonte:http://www.mctic.gov.br






Compartilhe


Comentários via Facebook